Como criar um site pode ser tão importante?

A internet hoje, com toda a certeza, é a maior mídia do mundo! Sendo assim, todas as empresas, profissionais liberais e criadores de opiniões querem estar nesse conglomerado de informações através de um site, blog ou loja virtual.

As oportunidades são muitas após, ganhar dinheiro, se conectar a clientes do país todo (até do planeta), vender, informar, criar notícias exclusivas e aí por diante.

Mas isso tudo gera uma questão, você precisa criar um site, um e-commerce (Loja Virtual) ou um blog?

Para poder responder essa questão, vamos analisar e entender os três modelos. As vezes nossa necessidade seja mais que apenas como criar um site, ou uma loja virtual.

Criar um site, um blog ou uma loja virtual?

Entenda o conceito de cada um.

 BlogSiteLoja Virtual
ObjetivoCriar conteúdo (posts) para informar e interagir com pessoas (possíveis clientes) que são interessadas no tema do BlogInformativo institucional, que visa mostrar a clientes os serviços e/ou produtos oferecidos pela organizaçãoVender produtos diretamente ao seu cliente através da Loja Virtual, sem que seja necessária uma loja física
Estrutura de NavegaçãoNo geral simples, ordenada por data dos postsNo geral simples, com links para produtos/serviços, institucional e contatoEstrutura um pouco mais complexa, com categorias e subcategorias. Os produtos podem ser ordenados por categoria, descrição técnica, valor, relevância e outros
ConteúdoInformal e focado, geralmente com temas específicos. Atualizado frequentementeEm geral conteúdo formal, com apelo profissional. Atualizado quando necessário, com baixa frequênciaNo geral são produtos, atualizados com frequência quando há um grande fluxo de produtos novos. Atualização de promoções e datas especiais
GerenciamentoUma ou mais pessoas com conhecimentos específicos no assunto tratado do BlogEquipe de marketing, própria ou terceirizada (Agência Digital).Equipe especializada ou Agência Digital pois existe a necessidade de especificação de cada produto.
InteraçãoOs comentários são a maior interação dos Blogs. Os visitantes comentam os Posts que podem ou não ser aprovado pelo administrador do mesmo. Também podem haver compartilhamentos em redes sociais e criação de newsletterA interação é realizada geralmente por formulário de contato ou telefone, já que o telefone da empresa fica à disposição do visitanteA interação é feita por telefone (SAC), chats exclusivos para clientes e formulários de contato
DivulgaçãoOs Blogs recebem geralmente visitas orgânicas (busca no Google sem pagamento), visitas através do site principal, divulgação em redes sociais. Existe também aqueles que tem grande apelo viralDivulgação em Google Adwords (links patrocinados), trabalho de SEO (otimização de sites). Não tem apelo viralDivulgação em Google Adwords (links patrocinados) e SEO (otimização de sites)
DesenvolvimentoPode-se criar um Blog em poucos minutos e gratuitamente. Porém deve-se conhecer um pouco sobre sua estrutura e divulgação, para gerar acessos do público-alvoPode-se criar com ferramentas gratuitas disponíveis na internet. Porém, deve-se ter em mente que o site é a porta de entrada para novos clientes. Dessa forma, o aconselhável é procurar uma Agência Digital especializada.
Deve-se também fazer o registro do domínio (www.suaempresa.com.br) e a contratação de uma hospedagem
Existem empresas que fornecem as lojas virtuais prontas, porém com pouca opção para personalização. As Agências Digitais também desenvolvem a Loja Virtual, com uma estrutura mais adequada, personalizada e em plataformas mais seguras
EndereçoSe o Blog faz parte de um site, deve-se adotar o endereço www.suaempresa.com.br/blog, caso contrário, pode-se adotar www.seublog.com ou www.seublog.com.brwww.suaempresa.com.br ou www.suaempresa.comwww.sualojavirtual.com.br ou www.sualojavirtual.com

Agora que você entendeu a importância de cada um, vamos entender por que devo (ou não) fazer a escolha por mais de um desses modelos.

Site e Blog

Na internet das coisas, o importante é gerar conteúdo. Ou seja, informar seu futuro cliente sobre aquilo que ele deseja adquirir por necessidade ou vaidade.

Por exemplo, qual a melhor forma de uma empresa de cosmético “vender” sua nova base para peles ultrassensíveis (não sei se isso existe)?

Que tal achar uma blogueira famosa e enviar amostras grátis para ela testar e fazer um post em seu blog sobre o produto?

Melhor ainda, que tal a empresa ter um blog e fazer um post sobre esse produto?

Muito melhor ainda, que tal os dois?

Legal, definimos que o produto vai ser divulgado na web dessa forma. Mas e se a futura cliente quiser conhecer a empresa que fabricou o produto, como ela faz?

Opa, precisamos de um site também.

Vamos analisar…

A empresa não pode depender apenas de uma blogueira de sucesso para tanto, pois ela precisa gerar relevância no próprio blog, dessa forma ela adquiriu uma divulgação com a blogueira e no seu próprio blog informa os benefícios e detalhes desse novo produto enquanto o site da empresa terá informações institucionais da empresa, como:

Quem somos, onde estamos, onde comprar, nossos produtos, contato e mais…

Dessa forma, o público-alvo dessa empresa (mulheres com a pele ultrassensível), tem como se informar, muito bem, antes de adquirir o produto. Já que essas mulheres têm algo em comum: “não compram qualquer produto pois a pele é sensível”.

Então nesse caso, se a empresa ainda não tiver, deve-se aprender como criar um site, como criar um blog e procurar a blogueira para divulgação.

No caso acima a empresa não tem necessidade de uma loja virtual, pois opta por sua grande lista de distribuidores.

Loja Virtual e Blog

Nesse caso, vamos utilizar um clássico Brasileiro para exemplificar, Smartphone.

Quantas vezes você já se perguntou: Qual celular é melhor, o X ou Y?

Muito bem, empresas de varejo utilizam blogs de terceiros para gerar vendas em suas lojas online.

É comum você achar sites que fazem comparação de Smartphones te dando a melhor opção de compra e já te mostram até a loja onde você pode comprar. Isso tudo, geralmente, é patrocinado por essa loja em questão.

A loja não necessita de um blog, ela necessita de um blog específico que fale sobre o que ela tem interesse de vender. O blog acima, também não necessita de uma loja virtual. Pois ele “apenas informa” o consumidor qual a melhor opção e onde comprar (muitas vezes lucrando com isso).

Mas existem casos, que uma loja virtual precisa realmente de um blog próprio. Deve-se ter a mesma intenção, informar o visitante sobre o produto que ele quer adquirir, quais as vantagens e sensações que ele terá ao comprar esse determinado produto.

Você já se decidiu? Agora vamos lá…

Como criar um site?

Geralmente as empresas que desejam saber como criar um site, procuram Agências Digitais especializadas em criação de site.
Mas também é possível criar o seu próprio site com sistemas disponíveis na internet, mas sem garantias de que será um sucesso.

Podemos utilizar o Wix, plataforma para criação de sites com versões gratuitas. Porém, nem tudo são rosas.

Os sites gratuitos dessas ferramentas, geralmente não são tão gratuitos assim. Veja os pontos negativos:

Domínio próprio: Geralmente esses tipos de plataformas para sites gratuitos não oferecem a opção de domínio próprio, ou seja, o endereço do seu site ficará possivelmente assim:

www.suaempresa.plataforma.com.

O domínio próprio seria www.suaempresa.com.br, por exemplo.

Contas de e-mail: As contas de e-mails também não são profissionais, você deve usar algo como seunome@gmail.com ou suaempresa@gmail.com.
Já se a conta fosse profissional, seu e-mail seria seunome@suaempresa.com.br, seguindo o exemplo do domínio registrado.

Propagandas em seu site: Os sites gratuitos utilizam o seu site para veicular propagandas pagas. E isso pode atrapalhar o seu visitante, uma vez que essas propagandas podem ficar em cima dos seus conteúdos, como texto e imagens.

Hospedagem: As hospedagens são limitadas, e não dão opções aos clientes.

Otimização de sites (SEO): Praticamente impossível fazer a otimização do seu site, já que a plataforma não lhe dá acesso ao código fonte.

Quantidade de páginas: Geralmente a um número máximo de páginas.

Formulário de contato: Geralmente não existem formulários de contato disponíveis.

Como criar um Blog

Para criar um blog, você pode fazer de forma gratuita também, acessando o br.wordpress.com ou utilizando outras ferramentas disponíveis na web.

Porém você sofrerá com algumas limitações, assim como no site gratuito e não poderá ter um blog no endereço do seu site (www.suaempresa.com.br/blog), que é a prática recomendada.

Mas lembre-se, ter um site não é garantia de sucesso. Compare isso a uma loja física linda que não abre as portas.

Conseguimos te ajudar?

Deixe seu comentário abaixo com dúvidas, sugestões ou até mesmo reclamações… Nós retornamos.

Forte abraço.